Natália Padilha

O crochê entrou na minha vida como profissão em 2015. Desde lá me tornei MEI e abri minha loja virtual e faço peças sob encomenda. Meu amor pelo crochê me fez querer ensinar outras pessoas e desde 2017 sou professora de crochê livre na Oficina de Artes.